Sábado, 13 de Julho de 2024
17°C 26°C
Alagoinhas, BA
Publicidade

Chefe do Hamas diz estar perto de acordo de trégua com Israel

Os detalhes serão anunciados pelo Catar, diz Hamas à Al Jazeera

21/11/2023 às 08h58
Por: Redação Fonte: Brasil247
Compartilhe:
Líder do Hamas, Ismail Haniyeh ; Foto: REUTERS/Mohammed Salem (Foto: Paulo Emílio)
Líder do Hamas, Ismail Haniyeh ; Foto: REUTERS/Mohammed Salem (Foto: Paulo Emílio)

O chefe do Hamas disse à Reuters nesta terça-feira (21) que o movimento palestino de resistência está perto de um acordo de trégua com Israel. O Hamas entregou sua resposta aos mediadores do Catar, disse Ismail Haniyeh em comunicado enviado à Reuters por seu assessor.

A declaração não forneceu mais detalhes, mas um responsável do Hamas disse à Al Jazeera TV que as negociações se centraram na duração da trégua, nos acordos para a entrega de ajuda a Gaza e na troca de reféns israelenses detidos pelo Hamas por prisioneiros palestinos em Israel.

Ambos os lados libertarão mulheres e crianças e os detalhes serão anunciados pelo Catar, que está mediando as negociações, disse o funcionário Issat el Reshiq.

O Hamas fez cerca de 240 reféns durante o ataque a Israel em 7 de outubro, que matou 1.200 pessoas.

Mirjana Spoljaric, presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), encontrou-se com Haniyeh no Catar na segunda-feira para “promover questões humanitárias” relacionadas ao conflito, afirmou em comunicado o CICV com sede em Genebra. Ela também se reuniu separadamente com as autoridades do Catar.

O CICV disse que não fazia parte das negociações destinadas a libertar os reféns, mas que, como intermediário neutro, estava pronto “para facilitar qualquer libertação futura com a qual as partes concordem”.

As conversas sobre um acordo iminente de reféns circulam há dias. A Reuters informou na semana passada que mediadores do Catar estavam buscando um acordo para o Hamas e Israel trocarem 50 reféns em troca de um cessar-fogo de três dias que aumentaria os envios de ajuda emergencial para civis de Gaza, citando um funcionário informado sobre as negociações.

O embaixador israelense nos Estados Unidos, Michael Herzog, disse no programa "This Week" da ABC no domingo que esperava um acordo "nos próximos dias", enquanto o primeiro-ministro do Catar, xeique Mohammed Bin Abdulrahman al-Thani, disse que os pontos de discórdia restantes eram "muito menores". 

O presidente dos EUA, Joe Biden, e outras autoridades dos EUA disseram na segunda-feira que um acordo estava próximo, mas um acordo já parecia próximo antes.

“Negociações sensíveis como esta podem desmoronar no último minuto”, disse o vice-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jon Finer, ao programa “Meet the Press” da NBC no domingo. "Nada está acordado até que tudo esteja acordado."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Alagoinhas, BA
18°
Parcialmente nublado

Mín. 17° Máx. 26°

18° Sensação
1.69km/h Vento
90% Umidade
100% (0.8mm) Chance de chuva
05h55 Nascer do sol
05h23 Pôr do sol
Dom 28° 17°
Seg 28° 18°
Ter 23° 17°
Qua 28° 17°
Qui 27° 17°
Atualizado às 22h01
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 344,233,26 +3,85%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Lenium - Criar site de notícias