Sexta, 23 de Fevereiro de 2024
22°C 30°C
Alagoinhas, BA
Publicidade

Programa do MP é apresentado em Congresso sobre alimentação sustentável

O ‘Programa Escola Sustentável’, do Ministério Público estadual, foi apresentado no "I Congresso a jaca e suas potencialidades", que ocorreu nos di...

06/12/2023 às 11h18
Por: Redação Fonte: MP - BA
Compartilhe:
Foto: Reprodução/MP - BA
Foto: Reprodução/MP - BA

O ‘Programa Escola Sustentável’, do Ministério Público estadual, foi apresentado no "I Congresso a jaca e suas potencialidades", que ocorreu nos dias 1° e 2 de dezembro, no município de Ipiaú. O evento foi promovido pelos Institutos Espaço Cultural Janela, Mão na Jaca, Projeto Unipancs e Universidade do Estado Bahia (Uneb). As promotoras de Justiça Letícia Baird, Lissa Aguiar e Rafaella Carvalho participaram do congresso, que contou também com a presença de palestrantes sociais, técnicos, pesquisadores e acadêmicos da universidade.

A gerente do Escola Sustentável, Leticia Baird, apresentou aos participantes a inciativa estratégica e frisou a importância da multifuncionalidade da política pública da alimentação escolar, afirmando que “essa ferramenta governamental possibilita inúmeros ganhos sociais, desde a promoção da alimentação escolar de qualidade, até a efetivação de outros direitos, como prevenção à saúde, erradicação da pobreza e sustentabilidade ambiental”. O programa é uma iniciativa do MP da Bahia para a promoção da política pública da alimentação escolar visando a melhoria da sua qualidade, combate à desnutrição e obesidade infantil, com alimentos oriundos de produção por pequenos produtores locais, e por meio do fomento da realização de compras públicas sustentáveis, nos termos das diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e com alinhamento aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (Metas Globais).

Foto: Reprodução/MP - BA
Foto: Reprodução/MP - BA
Lissa Aguiar, que atua em Ipiaú nas áreas de saúde e educação, destacou o potencial de resolutividade do programa do MP, que "de forma sistêmica fomenta a cooperação entre o poder público, sociedade e instituições, promovendo ações com resultados rápidos e práticos, racionalizando ainda com o MP". Já Rafaella Carvalho, que atua na área de meio ambiente, ressaltou que as ações concretas pelo Poder Público para o comprimento das metas globais de sustentabilidade e que as políticas públicas devem ser executadas também sob esse prisma, cabendo ao MP a indução nesse sentido.

Durante o congresso, foram realizadas discussões que ressaltaram a riqueza da produção local, com enfoque na possibilidade de aproveitamento da jaca, fruta presente na região, com potencial nutritivo e versatilidade nos preparos culinários, embora ainda subutilizada. O Instituto Mão na Jaca realizou um curso de capacitação culinária para preparos de doces e salgados de jaca, fruta presente na região, e degustações de alimentos. O intuito é apresentar a versatilidade nos preparos culinários da jaca e no potencial nutritivo.

*Sob supervisão de Maiama Cardoso (MTb/Ba 2335)

Fotos: Divulgação

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias