Sexta, 12 de Abril de 2024
22°C 29°C
Alagoinhas, BA
Publicidade

Em campanha de apoio a desabrigados pelas chuvas, SEC arrecada 2,3 toneladas de alimentos

A Secretaria da Educação da Bahia (SEC) integra a força-tarefa do Estado para auxiliar os municípios afetados pelas chuvas na Bahia. O post Em camp...

23/02/2024 às 14h45
Por: Redação Fonte: Secom Bahia
Compartilhe:
Foto: Divulgação/SEC
Foto: Divulgação/SEC

A Secretaria da Educação da Bahia (SEC) integra a força-tarefa promovida pelo Governo do Estado para auxiliar os municípios afetados pelas fortes chuvas que vêm sendo registradas em diferentes regiões da Bahia, desde o início do ano. Além de colocar a estrutura física das unidades escolares à disposição para abrigar as famílias que precisarem sair de suas casas e a cozinha das escolas para o preparo de refeições para a população, está sendo realizada, desde janeiro, a Campanha SEC Solidária, para a arrecadação de roupas, colchões, produtos de limpeza e higiene, assim como alimentos não perecíveis. Até o momento, já foram recolhidas 2,3 toneladas de alimentos e mais de mil peças de itens diversos, como roupas, lençóis, sapatos, brinquedos e toalhas.

A campanha vem obtendo cada vez mais adesão e os produtos podem ser entregues na SEC, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), como explica a coordenadora operacional do órgão, Neyla Pereira. “Em momentos assim, fica mais clara a certeza de como a solidariedade pode fazer a diferença na vida das pessoas. São famílias que perderam tudo, suas casas foram invadidas pela água e ficaram cobertas de lama. Neste momento, o acolhimento é importante e nosso apoio se traduz nessas doações recebidas na sede da Secretaria, que enviamos para a sede do Corpo de Bombeiros, na região do Detran, para se somarem à arrecadação do Programa Bahia Sem Fome e serem direcionadas aos municípios afetados pela chuva”, afirmou.

Acolhimento

O auxílio aos desabrigados está sendo prestado em cada um dos municípios atingidos pelos temporais. Em Itororó, no sudoeste baiano, por exemplo, no último final de semana, mais de dois mil moradores tiveram que sair de suas casas devido às inundações provocadas pelo transbordamento do Rio Colônia, que corta a cidade. Além de servir de abrigo para algumas dessas famílias, como a dona de casa Daniela Ribeiro de Souza e suas duas filhas, equipes do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Médio Sudoeste da Bahia, localizado na área central do município, deram suporte aos desabrigados com o preparo de refeições diárias, entre café da manhã, almoço e jantar.

“A casa onde eu morava virou um desastre. Não tinha para onde eu correr, depois que a água e a lama invadiram tudo. Minha filha mais velha ficou traumatizada, mas graças ao Cetep, que nos socorreu e nos ajudou, estamos aqui”, declarou Daniela.

Foto: Divulgação/SEC
Foto: Divulgação/SEC

Após quatro dias nas dependências do Cetep, a tristeza deu lugar à esperança. A dona de casa se prepara, agora, para iniciar uma nova etapa na sua vida, após se matricular na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), na escola estadual que a abrigou, em um dos piores momentos da sua vida e, também, a orientou a procurar a equipe municipal de assistência social, que já a instalou em uma nova moradia. “Estamos colocando nossa estrutura à disposição dos desabrigados, seguindo as diretrizes da Secretaria da Educação do Estado para atender a população desalojada que tenha tido perdas e prejuízos causados pela chuva. Desde o último sábado, dia 17, como apoio à gestão municipal, que decretou situação de emergência, iniciamos essa ajuda humanitária. Além de acolher logo de imediato quatro famílias, no momento mais crítico, fornecemos, diariamente, 350 refeições para a população”, explicou a gestora da unidade escolar, Andréia Moraes, acrescentando que as aulas foram iniciadas nesta quarta-feira (21) e as famílias já voltaram para suas casas.

De acordo com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), 64 municípios foram afetados pelas chuvas, sendo que, desse total, 37 estão com decreto de Situação de Emergência (SE), totalizando 297 desabrigados, 2.034 desalojados e seis óbitos registrados.

Fonte: Ascom/SEC

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias