Sexta, 12 de Abril de 2024
22°C 29°C
Alagoinhas, BA
Publicidade

Após classico, ônibus do Fortaleza é atacado por torcedores e jogadores ficam feridos

Pedras e bombas foram arremessadas contra o veículo; seis jogadores foram para o hospital

22/02/2024 às 08h09
Por: Redação Fonte: A Tarde
Compartilhe:
Ataque teria partido de uma torcida organizada do Sport - Foto: Reprodução | Redes Sociais
Ataque teria partido de uma torcida organizada do Sport - Foto: Reprodução | Redes Sociais

O ônibus do Fortaleza foi alvo de ataques, na noite desta quarta-feira, 22, após a partida contra o Sport, válida pela Copa do Nordeste, na Arena Pernambuco, em Recife. Pedras e bombas teriam sido arremessadas contra o veículos, deixando jogadores feridos. 

De acordo com comunicado divulgado pelo Fortaleza, seis jogadores tiveram ferimentos e foram levados ao hospital. São eles: o zagueiro Titi, os laterais Brítez, Dudu e Escobar, o goleiro João Ricardo, e o volante Lucas Sasha.

 

Informações preliminares apontam que o ataque teria partido de uma torcida organizada do Sport. O atentado ocorreu nas imediações do bairro Curado, próximo do Atacadão dos Presentes.

Em vídeo divulgado pelo próprio clube, é possível ver várias janelas quebradas, e cacos de vidros estilhaçados sobre as poltronas. Alguns dos assentos, inclusive, estão sujos de sangue. 

 

O CEO Marcelo Paz, o presidente Alex Santiago e membros da diretoria acompanharam os atletas ao Real Hospital Português. Os demais jogadores do elenco voltaram ao hotel.

Em nota oficial durante a madrugada, o Fortaleza atualizou a situação dos jogadores. João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. Dudu, Titi e Brítez e Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos.

João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também irá realizar exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo.

Posteriormente, na madrugada desta quinta, o presidente do Sport, Yuri Romão, também compareceu à unidade de saúde para prestar apoio à delegação do Fortaleza. O Rubro-Negro também se pronunciou por meio de nota oficial: "O Sport também já se colocou à disposição para ajudar na apuração dos fatos e as investigações, buscando identificar os envolvidos nesse ato criminoso."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias